Ainda não existem robôs que possam jogar golfe e ou dirigir carrinhos de forma inteligente… Cá entre nós, sorte a nossa…

Mas os golfistas do belíssimo e famoso campo de Audubon Park, na inconfundível Nova Orleans (a terra amada do Jazz) nos EUA terão uma pequena ponte com o futuro: ou com o que nós imaginamos dele.

Há um projeto da prefeitura local, em parceria com a iniciativa privada, para instalar grandes placas de captação de energia solar nos greens do reconectar a energia dos raios diretamente à frota de carrinhos do club.

Ou seja: o projeto que une engenharia, turismo e esporte, tem objetivo de movimentar os carrinhos elétricos a partir da “generosidade solar” (liberdade poética para este termo, ok?).

Segundo os administradores do campo, os painéis solares podem mover até 75 carros de golfe. A explicação oficial não diz por quanto tempo, nem quantos carros podem se mover ao mesmo tempo.

O investimento é de cerca de 100 mil dólares para cada painel, porém cada placa é capaz de reduzir um grande volume de emissões de CO2. E segundo os administradores do Audubon Park, ao longo prazo, a iniciativa gera uma economia de 10 mil dólares ao ano.

É fato que é uma grande ideia. Não é um projeto para o dia a dia das pessoas. Porém, pode inspirar atividade em maior escala, como por exemplo, manutenção e manejos na agricultura. Em suma, o mais importante é olhar para o futuro, e tentar fazer com que ele olhe para a gente o quanto antes.

A nossa frota de veículos é baseada em conceitos de energia limpa e pode atender, a preços confortáveis, os mais variadores segmentos (confira a lista completa aqui site). O futuro também pertence as empresas que pensam de modo integrado, prático e consciente. Temos orgulho de estar nesta lista.

Deixe seu comentário