Sim, o título deste texto tem o mesmo nome de nossa assinatura de conteúdo: “Soluções logísticas ecologicamente corretas”, esse conceito também foi utilizado, nada mais nada menos, por uma das cidades mais rigorosas do mundo. Vamos explicar essa história.

As Olimpíadas são um dos três maiores eventos do planeta, isso nós sabemos. Na última edição, há quase um ano, os jogos de Londres contaram com a implantação de um sistema de carros elétricos com design futurista, inovador e ao mesmo tempo utilitário.

O sistema foi criado para levar os passageiros do aeroporto Heathrow International (localizado no oeste da capital britânica) com segurança e eficiência aos bolsões de estacionamento.

Os “carrinhos” foram concebidos para equilibrar o transporte, sobretudo por cauda do aumento no fluxo de turistas gerado pelo evento.

Estes modelos (que parecem pequenos “trens-balas” com rodinhas) podem carregar até quatro pessoas, e trafegam em uma pista exclusiva a uma velocidade de até 40 km/h.

Os carros “Ultra”, como são chamados, substituíram alguns dos ônibus (movidos a diesel) que eram utilizados nessa missão. Segundo as informações oficiais da organização do evento, além do ganho ambiental, o sistema ajudou (e claro, ainda ajuda) a evitar lotações e o tempo de espera. Em suma: foi um sucesso.

Em fim, o “Ultra” realmente é uma tecnologia que ainda está distante do nosso país. Mas, aqui nós também podemos utilizar belos e confortáveis carros elétricos, com a mesma eficiência ambiental e energética dos ingleses.

Por exemplo, a frota Compact Car atende diversos segmentos importantes da sociedade: shoppings, hospitais – e os próprios aeroportos – entre outros (confira a lista completa na seção sobre a empresa).

Ou seja: muitas ideias e soluções – que dão resultado em grandes eventos – já existem no Brasil. A questão é utilizar o que nós oferecemos com inteligência e bom senso.

Nossos carros também possuem energia limpa, também são rápidos e charmosos e contam com assistência técnica qualificada.

Com um pouco de criatividade, poderemos atender a enorme demanda de turistas nas Olimpíadas do Rio em 2016 a custo consciente e com a mesma qualidade, nesse caso específico, dos ingleses.

E antes dos Jogos Olímpicos ainda teremos a Copa das Confederações e sem dúvidas a maior festa que o Brasil organizou: a Copa de 2014.

Soluções ecologicamente corretas, aqui também.

Deixe seu comentário